Pingentes para mãe e filha

Sempre contamos as histórias por trás das joias pois é nosso meio de mostrar como tudo nessa vida tem um significado maior. É só olhar com os olhinhos certos.


Quando vamos fazer um projeto e é nos dada a liberdade criativa, gostamos de conhecer um pouco mais sobre a pessoa que vai usar a joia, sobre os gostos, os interesses... porque tudo isso é importante para que a joia seja exatamente como a pessoa deseja.


Foram usados nesse projetos duas alianças de casamento e um anel de noivado. A mamãe usava a aliança de casamento do marido na corrente junto à um pingente com brilhantes que ele a havia presenteado. O desejo era criar joias para a mamãe e a para a filhinha utilizando o ouro dessas joias.


Ela é budista, gosta de referências minimalista e de influências orientais. Durante a pesquisa o símbolo do Ensõ chamou bastante atenção por causa de seu significado.

O círculo no budismo é conhecido como Ensõ e simboliza Iluminação, Universo e o vazio. É conhecido também como “expressão do momento”. O pingente da filha foi desenhado com o círculo fechado, simbolizando a “expressão do momento”, que é como as crianças vivem, no presente, sem precisar se preocupar com o amanhã. Acredito que ela seja "expressão do momento" da mãe, é ela que faz a mamãe estar no presente todos os dias. O acabamento do pingente da filhinha ficou polido, bem brilhoso (pensando na pureza da criança, no brilho da infância, nesse momento em que o pingente foi feito).


O Ensõ pode ser desenhado também como círculo aberto, onde simboliza que faz parte de algo maior ou que a imperfeição é algo essencial da existência, do crescimento. A estética japonesa traz muito o aspecto da negação da perfeição, ou a perfeição da imperfeição. Onde existe a necessidade da imperfeição para o crescimento espiritual, saber enxergar perfeição na imperfeição é visto como o caminho da evolução. Como todos nós estamos em constante busca de evolução, simbolizei o pingente da mãe como o círculo aberto. A beleza da imperfeição, do caminho para a evolução são representados pelos riscos representam onde cada risco é uma marca mas também traz brilho à superfície.


O circulo menor interno seria o pingente da filha e o círculo externo seria o da mãe. Pensei nesta ordem pois ela saiu da mãe, é uma parte de dela, a mãe está sempre a protegendo,acolhendo-a. E traz a ideia de um pingente preencher o outro. Incluí o pingente que a mãe já possuía para que não tivesse que escolher entre o pingente anterior e o novo, assim os pingentes se complementam.


Desejamos muito amor para essas duas fofas!!


POSTS RECENTES